sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

AMOR - EXIGENTE – O QUE É, O QUE FAZ E COMO FAZ. Selvino Antonio Malfatti.















Dia 5 de dezembro homenageia-se o Voluntariado. É um grupo que parece estar na contra mão da História, pois se vive num ambiente social no qual as regras da convivência, na maior parte das vezes, em vez de seguir o preceito de fazer ao outro o que queremos que nos façam, obedecem a outros critérios, tais como: faça para ti tudo o que puderes e os demais que se lixem, tire vantagem sempre e com todos, faça para ti antes que o outro faça para si, aproveite a vantagem sobre outro antes que ele faça, retribua ao outro tudo o que ele fizer para ti, não brigue, mas também não coopere.
Contrastando com este ambiente de conflito encontram-se algumas exceções. Uma delas é um programa que está se espalhando pelo mundo e já tem uma duração de três décadas, desde que surgiu em 1984. É o AMOR - EXIGENTE que visa reinserir o familiar na família e sociedade, desviado por várias formas de dependências, inclusive da droga. O Amor-Exigente atua em duas frentes básicas: 1. Preventiva – quando quer evitar que no futuro alguém busque a droga e, 2. De apoio - quando acompanha os dependentes e seus familiares. Por isso, ele se insere como um programa de proteção social, pois atua no indivíduo e família inseridos na sociedade.  O programa de Amor - Exigente não se propõe especificamente a ações terapêuticas. Estas ficam a cargo da Federação das Comunidades Terapêuticas. Estas comunidades são atendidas geralmente por igrejas como a católica, evangélicas, luteranas e outras que adotam os doze princípios. Por isso, a maioria das Comunidades Terapêuticas exige que os familiares do que está recebendo tratamento participem do Amor Exigente para aprenderem e praticarem o programa.
O programa tem como missão a proteção social atuando como fator de mudanças de comportamentos na família e sociedade, tem na mira a qualidade de vida através da prevenção da dependência química. A visão é de se apresentar como uma referência para as pessoas para melhorar o ambiente familiar e social. O caráter que nos identifica é o trabalho voluntário como organização não-governamental e sem custos para os assistidos.
Os membros do Amor - Exigente são pessoas de todas as camadas sociais e de todos os níveis de escolaridade. Possuem 11 mil voluntários os quais atendem aproximadamente 100 mil pessoas.  No Brasil há 640 grupos organizados e 260 subgrupos. Em nível nacional há a Federação de Amor Exigente – FEAE. Regionalmente existem coordenações que congregam as Associações e dentro destas funcionam os grupos e subgrupos.
O Amor – Exigente é um programa de auto e mútua ajuda sustentado pelos pilares: 12 Princípios Básicos, 12 Princípios Éticos, uma Espiritualidade pluralista, Metas semanais e responsabilidade social. Nos 12 Princípios básicos, em cada mês é debatido um deles. Desse modo, de janeiro a dezembro, são trazidos à discussão os temas: cultura, liberdade, recursos, igualdade, responsabilidade, interação, reação, crise, grupos, cooperação, disciplina e solidariedade. Os princípios éticos que regem o grupo são decorrentes da ética da convivência entre membros de um mesmo grupo e de diferentes grupos entre si. A espiritualidade não necessariamente deve estar vinculada à religião, embora se privilegie o ecumenismo cristão. A Partilha é o momento culminante da reunião do grupo e subgrupo, pois, através dela, cada um pode externar as dificuldades e conquistas proporcionar aos demais membros uma aprendizagem e, àquele que a socializa, uma captação de apoios. A proposição de metas individuais e grupais serve como parâmetro de avaliação do crescimento.
As reuniões do Grande Grupo possuem um ritmo pré-estabelecido: Espiritualidade (10 minutos), Estudo do Princípio do mês (30 minutos), Avisos e formação de subgrupos (5 minutos).
Após isto, formam-se pequenos grupos - os subgrupos – que terão enfoques específicos, dependendo de suas características. O número de subgrupos varia de grupo para grupo, pois depende das necessidades e possibilidades de cada grupo.  Os mais freqüentes são: grupo de pais, grupo de jovens, grupo de Amor - Exigentinho, grupo de cônjuges, grupo de sempre é tempo, grupo de familiares, grupo de recuperados, grupo de iniciantes, grupo de familiares tentando enviar familiar para tratamento, grupo de adolescentes encaminhados pela promotoria, grupo de familiares de adolescentes.
Quem já assistiu as partilhas dos depoentes sabe que há toda sorte de casos: maridos, esposas e filhos dependentes químicos e alcoólatras. Filho mais velho alicia o menor e o leva para o vício. Há situações em que os familiares já tentaram de tudo, inclusive pensaram no suicídio. O refúgio geralmente é a religião. Pais que confiavam nos filhos até que descobriram que tudo não passava de mentira. O filho dizia que ia à escola, mas na verdade ia se entregar ao vício junto com outros dependentes. Não se pode acreditar candidamente no que os dependentes dizem.  Tendo em vista que o dependentes possuem uma enorme capacidade de manipulação eles conseguem enganar os demais com facilidade. Quando alguém diz que fuma maconha uma vez ou outra, ele é viciado contumaz. Quando se acha alguma droga no seu quarto não é para o consumo pessoal, mas para venda. Quando se encontra alguma droga nos bolsos é para um amigo...e assim por diante. O que o dependente diz dificilmente corresponde à verdade. Alguns, como mortos-vivos, carregam seu próprio corpo, perambulando nos lares e ruas, roubando e destruindo tudo o que encontram pela frente para saciar o vício. Destroem famílias, matam seus próprios pais ou irmãos, cidadãos inocentes. É uma guerra “sem reféns”. E o pior, neste cenário, tudo o que for feito por si sós, em termos de esperança, muito pouco valerá. Outros, silenciosamente “curtem” sua droga preferida, sem alarde, anonimamente, vivendo uma vida “normal”, no entanto, escravos da dependência. Neste contexto, a organização Amor - Exigente, atua como apoio e orientação aos familiares de dependentes químicos, bem como pessoas com comportamentos inadequados.


15 comentários:

  1. Parabéns aos voluntários,meu pai salvou sua vida nestes grupos.Merecem nosso respeito.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns aos voluntários,meu pai salvou sua vida nestes grupos.Merecem nosso respeito.

    ResponderExcluir
  3. Ser voluntário é preocupar- se com o semelhante.Bom saber dos grupos e deste seu desprendimento. Valeu.

    ResponderExcluir
  4. Pessoas que se dedicam a pensar em seu próximo são muito especiais.

    ResponderExcluir
  5. Mas é um movimento grandioso,milhares de voluntários,esta noticia me enche de esperança,

    ResponderExcluir
  6. As vezes as pessoas aposentam e ficam depressivas,parabéns professor pela escolha. Tenho amigos que frequentam o A,E, e transpiram amor. Isto é ser voluntário,amar ao próximo em toda sua vulnerabilidade,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, este trabalho é abençoado.Parabéns professor que muitos encontrem este caminho de voluntários preocupados com a dor das famílias e seus dependentes.

      Excluir
    2. Concordo,quem se dedica a caridade,merece nosso respeito. Que esta obra cresça cada vez mais.

      Excluir
    3. Parabéns a estas pessoas do Amor Exigente deve ser gratificante o trabalho de um voluntário.

      Excluir
  7. Trabalhar grupos com princípios,interessante.
    Minha admiração por este trabalho,parabéns aos voluntários.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom,interessantíssimo.

    ResponderExcluir
  9. Vou procurar na minha cidade. Talvez traga mais sentido a vida que as vezes é tão vazia.

    ResponderExcluir
  10. A lembrança de homenagear o voluntariado é também um convite para que as pessoas doem um pouco de seu precioso tempo á causa daqueles que precisam ser consolados em suas dores e sofrimentos. Muitas vezes vamos para um grupo por convite ou por nossas necessidades e nos tornamos parte desta família. Assim é no Amor Exigente,tudo que foi escrito, está detalhadamente analisado,somos uma grande família lutando por dias melhores,acreditamos sempre no ser humano como sujeitos que sempre podem ser resgatados em sua dignidade, nos alegramos quando alguém está conseguindo mudar o rumo de suas vidas e, se persistirem situações estressantes estamos unidos na luta por dias melhores. Assim somos voluntários,amigos,irmãos de caminhada.

    ResponderExcluir
  11. A lembrança de homenagear o voluntariado é também um convite para que as pessoas doem um pouco de seu precioso tempo á causa daqueles que precisam ser consolados em suas dores e sofrimentos. Muitas vezes vamos para um grupo por convite ou por nossas necessidades e nos tornamos parte desta família. Assim é no Amor Exigente,tudo que foi escrito, está detalhadamente analisado,somos uma grande família lutando por dias melhores,acreditamos sempre no ser humano como sujeitos que sempre podem ser resgatados em sua dignidade, nos alegramos quando alguém está conseguindo mudar o rumo de suas vidas e, se persistirem situações estressantes estamos unidos na luta por dias melhores. Assim somos voluntários,amigos,irmãos de caminhada.

    ResponderExcluir
  12. Acho que os voluntários de qualquer grupo merecem nossos parabéns e agradecimentos.

    ResponderExcluir