quarta-feira, 22 de dezembro de 2010




NATAL

NO DECORRER DESTE ANO, A TODOS QUE NOS VISITARAM, QUE LERAM AS POSTAGENS OU QUE FIZERAM COMENTÁRIOS, NOSSO MUITO OBRIGADO.

DESEJO, DE CORAÇÃO, UM FELIZ NATAL.

Como é NATAL vou brindar-vos com a singela narrativa de Lucas sobre o Nascimento de Cristo. O presépio e o Pinheirinho encontram-se na Praça Saldanha Marinho, em Santa Maria.

"José subiu da Galiléia, da cidade de Nazaré, à Judéia, à Cidade de Davi, chamada Belém, porque era da casa e família de Davi, para se alistar com a sua esposa Maria, que estava grávida. Estando eles ali, completaram-se os dias dela. E deu à luz seu filho primogênito, e, envolvendo-o em faixas, reclinou-o num presépio; porque não havia lugar para eles na hospedaria. Havia nos arredores uns pastores, que vigiavam e guardavam seu rebanho nos campos durante as vigílias da noite. Um anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor refulgiu ao redor deles, e tiveram grande temor. O anjo disse-lhes: Não temais, eis que vos anuncio uma boa nova que será alegria para todo o povo: hoje vos nasceu na Cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor. Isto vos servirá de sinal: achareis um recém-nascido envolto em faixas e posto numa manjedoura. E subitamente ao anjo se juntou uma multidão do exército celeste, que louvava a Deus e dizia: Glória a Deus no mais alto dos céus e na terra paz aos homens, objetos da benevolência (divina). Depois que os anjos os deixaram e voltaram para o céu, falaram os pastores uns com os outros: Vamos até Belém e vejamos o que se realizou e o que o Senhor nos manifestou. Foram com grande pressa e acharam Maria e José, e o menino deitado na manjedoura." (Lc,2)