sexta-feira, 26 de março de 2010

Jordânia - Petra


A partir do dia 5 até 8 de abril, estaremos em terras da Jordânia. Este país tem uma
História complicada. Até hoje briga com seus vizinhos: sírios, iraquianos, egípcios, israelitas e palestinos. Tem como capital Amã e sua população está em torno de 6 milhões de habitantes. De seu passado herda a famosa cidade de Petra, início da novela brasileira de Viver a Vida, e talvez só por isso conhecida pelos brasileiros. A partir da capital iniciaremos nossos passeis pelos principais lugares turísticos.
Já no primeiro dia faremos uma visita a Jerash, uma das cidadesDecápolis. Em seguida iremos ao Arco do Triunfo, a praça ovalada, o templo de Afrodite e finalizando, o teatro romano.
No dia seguinte, faremos uma visita panorâmica da cidade de Amman.Na continuação, Madaba para visitar a Igreja Ortodoxa de San Jorge, ondese encontra o primeiro mapa-mosaico de Terra Santa. O Monte Nebovisitado por Moisés que avistou a Terra Prometida, na qual nunca chegaria.
Dando continuidade nos deslocaremos para Petra, patrimônio cultural da humanidade. Antes de Cristo pertenceu aos Edomitas, israelitas. Persas, nebateus,fundadores da cidade-estado. Após, passou para o domínio do Império romano, sendo conquistado por Pompeu. Com o advento do cristianismo passou para o domínio bizantino. Sofreu dois terremotos, sendo que pelo segundo não se recuperou mais. Na idade média foi redescoberta, principalmente pelos trabalhos de Johann Ludwig Burckhardt (1812), tendo o primeiro estudo arqueológico científico sido empreendido por Ernst Brünnow e Alfred von Domaszewski, publicado na sua obra Die Provincia Arabia (1904).No terceiro dia, todo ele dedicado à cidade rosa, a capital dos Nabateos. Conheceremos os mais importantes e representativos monumentos esculpidos na rocha pelos Nabateos. OTesouro, as Tumbas de cores, as Tumbas reais, o Monastério.

terça-feira, 23 de março de 2010

Terra Santa - Judéia


Na postagem do dia 12 de março falamos da nossa visita a Tiberíades, na Galiléia. Do 5º ao 7º dias nos dedicaremos a Jerusalém. Sob todos os aspectos este será o coração das visitas em Israel. As três grandes religiões monoteístas têm presença em Jerusalém: cristã, judaica e muçulmana. Cada uma delas possui objetivos específicos: a cristã por causa da vida de seu fundador, Jesus Cristo, que nasceu, viveu, pregou, padeceu e morreu neste local. A judaica por ter sido sua antiga capital e ter se firmado como nação. E a muçulmana por ter conquistado esta cidade, ter muito de sua história ali alocada, mas principalmente por ser uma boa fonte de renda.

Nosso roteiro para Jerusalém incluirão as seguintes visitas a estes lugares mais significativos.

No Rio Jordão, inclui uma simbólica renovação da promessa batismal. Em seguida haverá continuação pelo vale do Jordão ate Jericó, uma vista panorâmica da cidade e Monte das Tentações incluido as ruínas do mosteiro dos Esênios em Qumran, nas margens do MarMorto. Em continuidade prosseguiremos até Betania e do Bom Samaritano, Tumba deLazaro, Basílica da Ressurreição, Casa de Marta e Maria.

No dia seguinte, início com a visita aos Santos Lugares como Monte das Oliveiras, Capela da Ascensão, Igreja do Pater Noster, Passeio de Dominus Flevit, Getsemani, Horta das oliveiras, Basílica da Agonia,Gruta da Traição e Tumba de Maria. Na continuação iremos para Monte Zion, tumba do Rei David, Sala da Última Ceia, Igreja de São Pedro em Galicânio e as ruínas do Palácio de Caifás. Pela parte da tarde deste dia iremos para Belém, incluindo visita a Gruta da Natividade e de São Jerônimo, Campo dosPastores.

Dando prosseguimento, já no 7º dia, haverá visita à cidade antiga, Muro dasLamentações, Esplanada dos Templos do Domo, (Roca) e Aksa. Como estaremos em plena Semana Santa, percorreremos as 14 estações da Via Dolorosa ate chegar no Calvário, visita ao Santo Sepulcro. Para algo mais light,à tarde faremos uma visita panorâmica da cidade moderna de Jerusalém,Museu de Israel, el Kneset ( Parlamento Israelense), Teatro municipal,maquete de Jerusalém na época de Jesus, Igreja de São JoãoBatista e a Ein-Karem. No dia seguinte
excursão à Fortaleza de Massada e Mar Morto.