sexta-feira, 13 de junho de 2014

COMPORTAMENTOS SOCIAIS E CULTURA ÉTICA. Selvino Antonio Malfatti



                      



Comportamento significa as ações dos indivíduos na convivência social. Existem ações individuais, os comportamentos individuais, como pensar, sofrer, amar. Existem, no entanto comportamentos praticados coletivamente, como por exemplo, conversar, trabalhar, lecionar. Nos individuais é afetado somente quem pratica tais ações, mas nos segundos os outros também são afetados. Por isso, eles possuem regras, normas ou leis, quer espontâneas, quer impostas.
Se compararmos algumas sociedades entre si, percebemos que umas têm um grau de coesão muito forte, enquanto em outras predominam comportamentos dissolventes. Só para darmos um exemplo comparemos a sociedade britânica e a espanhola, ambas politicamente monárquicas. Na primeira, há um fulcro de valores consensuais que imanta as vontades individuais, enquanto na espanhola o que predomina é o anárquico. Os ingleses concordam na sua grande maioria com o sistema político monárquico e constitucional. Os espanhóis também têm monarquia, no entanto as discordâncias são enormes, tanto em quantidade, como qualidade. Alguns até duvidam que o rei D. Juan não consiga passar o trono para seu filho.
 Os ingleses aprovam o sistema econômico capitalista, embora haja secundárias discordâncias quanto maior ou menor intervenção estatal. Os espanhóis debatem-se entre ideologias liberais e socialistas.
Quanto à religião, em que pese a Anglicana na Inglaterra ser oficial, há amplo espaço para as demais como presbiterianismo, igreja metodista, sikhismo, batista, hinduísmo, judaísmo e outras. Os espanhóis têm a religião católica como majoritária, embora não oficial atualmente. O catolicismo foi religião oficial até 1931. Depois de 1939 a 1978. Por motivo de críticas e contestações, tanto por parte de católicos como de outras confissões, deixou de ser oficial em 1978.
Em relação aos partidos políticos na Inglaterra, os dois maiores partidos, o partido conservador como o trabalhista são liberais, apenas diferindo o grau de intervenção econômico-social. Na Espanha há um pluripartidarismo pulverizando a vontade popular.
Em que pese haver várias teorias para explicar tal fenômeno, penso que a questão ético-cultural é o pano de fundo e o móvel do comportamento social. A sociedade inglesa cedo na história teve que enfrentar o debate ético devido à Reforma de Lutero. Este acontecimento religioso provocou a fragmentação religiosa e com a ela a quebra da unidade ética proveniente do catolicismo. Depois da quebra da unidade religiosa, os ingleses tiveram que enfrentar a questão: a ética de qual religião seria a válida? Se optasse por uma particular adviria o dissenso e com ele a dissolução social nas formas comportamentais. A solução encontrada foi um debate ético supra-confissional. Disso emergiu uma ética laica e de consenso. Os demais países que não experimentaram a presença das várias religiões cristãs advindas da Reforma, mas permaneceram monoliticamente unidas em torno do catolicismo, como foi Espanha, Portugal, Brasil, Itália e outras, adotaram a ética decorrente da Igreja católica. Com a laicidade da sociedade o catolicismo deixou de ser a referência ética e a sociedade sente-se perdida. E ainda atualmente não há um consenso de valores que norteiem o comportamento coletivo.
No Brasil, por exemplo, parece que o que vale é o não ser flagrado. Não há um “justo” válido para todos, mas um “tirar vantagem de tudo”. É como um mercado ambulante. O preço dos produtos não é fixo, mas depende daquilo que conseguir do comprador. Parece na Turquia onde uma colcha foi ofertada por um vendedor por 450 reais, mas a pechincha baixou para 40 reais. Qual é mesmo, então, o preço justo?
Da mesma forma ocorre que o comportamento social. Falta um parâmetro válido para todos.
A propósito, o que se pensa sobre?
1.    Mentira
2.    Violência
3.    Roubo
4.    Infidelidade
5.    Vício
6.    Bulling
7.    Mutilação e suicídio, inclusive pásticas
8.    Trabalho escravo ou demasiado
9.    Jogo prejudicial
10. Fofocas