sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

UMA MOEDA: DUAS FACES

Está acontecendo atualmente no Brasil um fenômeno sócio-político sui generis: para um mesmo comportamento político, revelam-se duas reações contrárias. Trata-se da corrupção política. Quando a corrupção ocorre no âmbito do Partido dos Trabalhadores-PT, a reação é passiva, apática,da parte da sociedade, como ocorreu com todos os escândalos de membros do Partido dos Trabalhadores, desde o mensalão até os mais recentes. Quando a mesma corrupção acontece na esfera da oposição, como é o caso do atual do governador do distrito federal, Arruda,do Partido dos Democratas - DEM, aqueles mesmos setores - constituído por estudantes, intelectuais, funcionários e outros - antes apáticos e passivos, agora são tomados de fúria ética, invadem as ruas, a assembléia parlamentar e acampam diante do palácio governamental exigindo a renùncia do governador.
No primeiro caso: laissez-faire, laissez passez.
No segundo: o cumprimento da lei e exigência de comportamento ético
O que está acontecendo? Para os amigos a tolerância, para os inimigos a lei?

Nenhum comentário:

Postar um comentário