sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

FÉRIAS - Selvino Antonio malfatti




Passaram-se as festas, findou o ano letivo, vestibular? Adeus! Um ano trabalhado é igual a 30 dias de férias. Enfim, férias. Férias é o período de descanso de empregadores, empregados, servidores públicos, estudantes após um ano de atividades
A origem da palavra é latina: feriae, o dia de descanso para os romanos. O imperador Constantino, III século depois de Cristo, denominou os dias da semana de “prima feria, secunda feria etc.” Mas tarde, a prima féria passou a denominar-se Dominicus, domingo, dia do Senhor e a Septima feria, passou a chamar-se de sabbatus, dia de oração para os primeiros judeus cristãos. A língua portuguesa, filha da língua latina, foi a única que manteve : domingo, segunda feira, terça feira etc. Mas atualmente, ferias está associada ao direito de descanso laborais e escolares.
Ao descanso laboral têm direito todos os trabalhadores entre 12 e 24 meses de trabalho, com direito a 20 ou 30 dias. Se recebeu somente 20 deve requerer os restantes em forma de pagamento. No Brasil este direito foi conquistado no ínício do século XX, por pressões dos trabalhadores e aprovação da lei pelo Parlamento.
No Brasil as férias escolares abrangem de 90 a 120 dias, geralmente nos meses de janeiro, julho e dezembro. Algumas escolas e universidades estendem o período de férias ao mês de fevereiro. Em outros países, mormente os europeus, acontecem em outros períodos devido às estações quentes ou frias, Há as “pequenas férias” próximas ao Natal, Páscoa e Carnaval e as “férias grandes” as quais, geralmente ocorrem em junho ou julho.
As pessoas aproveitam as férias das mais diversas formas. Vão aos balneários (de rios ou mar) às montanhas (de esqui ou tropicais. Algumas permanecem em casa realizando atividades prazerosas como jardinagens, crochês, bordados, pinturas. Algumas viajam para outros países ou para belos regiões de seu próprio solo natal. O importante é realizar uma atividade diferente e que dê prazer.
A origem das férias laborais está ligada à Revolução industrial que teve início na Inglaterra. Isto aconteceu devido à mudança na forma de se produzir bens. Enquanto na Idade Média, os bens eram confeccionados artesanalmente, no período industrial, eles passaram a ser feitos através de máquinas. Para fazê-las funcionar necessitavam-se de operários para produzir energia (carvão), extração de matéria prima (ferro) e manipulá-las (mão der obra).
A indústria do século XVIII e XIX, tinha um local de trabalho chamado fábrica. Não era nada bom o ambiente de trabalho e estava longe do que é atualmente. Naquele épocas as condições lobarais da fábrica eram precárias. A iluminação era deficiente, a temperatura quente ou fria e o a limpeza péssima. Os salários aviltantes, a jornada de trabalho durava até 18 horas e a mão de obra constituída na sua maioria por mulheres e crianças. Nãohavia nenhuma garantia trabalhista como sálário fixo, descanso semanal, férias remuneradas, assistência á saúde e aposentadoria. Tudo dependia da boa vontade (ou má) do empregador. A média de vida do trabalhador girava em torno de 35 anos.
Em meio a este caos surgiram líderes que começaram a unir os trabalhadores, num arremedo de sindicatos, pressionando por melhores condições de trabalho. Sempre em tais circunstâncias ocorrem os extremismos como foi caso dos ludistas que partiram para a violência, quebrando as máquinas mas também surgem os de bom senso optanto pela via pacífica, como foi o caso do cartismo. Pouco a pouco os sindicalistas conquistaram o apoio da representação política e as leis trabalhistas foram sendo aprovadas dando aos trabalhadores as garantias que hoje conhecemos tais como: uma legislação garantira dos direitos, sindicatos reconhecidos, descanso semanal, cobertura sanitária, aposentadoria e as BEM VINDAS E BEM AVEN TURADAS :
F É R I A S.
A todos BOAS FÉRIAS.

Um comentário:

  1. Realmente a caminhada que a humanidade percorreu até nossos dias foi de muita luta para garantir os direitos que hoje podemos nos beneficiar...Enfim somos sujeitos de direitos caminhando sempre para novas conquistas, graças a nossos antepassados.ÓTIMAS FÉRIAS.

    ResponderExcluir