sexta-feira, 26 de abril de 2013

DIA DO TRABALHO. José Maurício de Carvalho.





O mês de maio que entra na próxima quarta-feira começa todos os anos com as comemorações do Dia do Trabalho. Escrever sobre o trabalho é tocar num aspecto nuclear da vida. Muitas vezes se dá pouca importância a ele, mas uma das maiores dificuldades da vida é perdê-lo. As manifestações e protestos na Europa estão aí para lembrar esta verdade. No plano individual o trabalho é meio de assegurar a sobrevivência, mas o trabalho é mais que ganha pão. Quando iniciou o trabalho o homem começou verdadeiramente a mudar a vida e sua história. No momento em que os primeiros objetos segurados pela mão humana passaram a ser instrumento de trabalho, eles abriram a inteligência a novos desafios: estimularam a criação do símbolo e da linguagem e eles transmitiram pensamentos e favoreceram a comunicação.
Comunicando o homem saiu de seu mundo interior e partilhou com os outros sua perspectiva de vida. O trabalho é base da cultura, tudo o que o homem objetiva para fazer a vida mais interessante e melhor, não importa se é entalhar uma porta, levantar um muro, plantar um jardim, preparar a refeição, projetar uma casa nova, varrer, espanar, escrever livro ou poema, tratar doenças, fabricar, comerciar, ensinar, tudo se faz com o trabalho. Não há trabalho sem importância. O trabalho é fundamental não apenas porque fornece o provento, mas porque permite a dupla transcendência de vencer os limites da natureza e do tempo. O trabalho muda a face da natureza e o futuro do homem. Nada é tão importante para a existência entendida como tarefa do que estas transcendências.
Por isto nada é mais inadequado ou mal colocado do que falar do trabalho como castigo. Quando sentimos a presença de Deus em nossa vida o trabalho é um convite do criador do mundo para participarmos de sua obra. Deus criou o mundo e o deu ao homem, mas não o deu pronto, não queria uma criança, mas um parceiro. Entregou-lhe um mundo por fazer, para ser mudado, embelezado. É bobagem achar que Deus castiga, pior ainda julgar que o faz pelo trabalho. O que foi dito mostra o nível atual do desafio humano. Trabalhar para mudar a face do mundo, para fazer história, para torná-lo mais belo e limpo, para prover a sobrevivência, promover o desenvolvimento sustentado e participar da obra da criação. É o trabalho o caminho para o enriquecimento legítimo e o que mais promove satisfação com a posse de bens. É ele que faz a casa que construo ter valor, o carro ser mais que um objeto de transporte e o remédio mais que o alívio da doença. O que se paga com o resultado do trabalho é parte de mim, entra na minha vida de maneira diferente do que o que me alcança por acaso ou ilegitimamente.
Embora o trabalho seja tanta coisa neste primeiro de maio enxerguei uma dimensão poética no trabalho quando vi o maestro João Carlos Martins reger a orquestra do Sesi na cidade de São Paulo. O homem passou por nova cirurgia para continuar trabalhando, mesmo podendo parar. O regente franzino tornou-se gigante diante da orquestra, emocionando mais uma vez a multidão. Ele faz o trabalho ser não só tarefa consciente, uma escolha, mas algo lúdico, ato supremo de criação, concretização de uma vida boa. Enquanto ecoava pelo parque os sons da nona sinfonia de Ludwig Von Beethoven (1770-1827), a orquestra do Sesi e seu artista maestro fizeram a vida expressão de beleza incomparável e o trabalho celebrar emoção e alegria de viver.
Um primeiro de maio para encher a alma humana de poesia, esperança e confiança no futuro. Um primeiro de maio de um regente poeta que não para de trabalhar.

13 comentários:

  1. Lembrou-me muito...O trabalho é um dever que temos todo dia,mas será um prazer quando feito com alegria.

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente trabalho é realizar-se,sentir-se parte,incluir-se.

    ResponderExcluir
  3. Tudo isto é verdade.Que nosso dia do trabalho traga esta verdade aos menos esclarecidos.

    ResponderExcluir
  4. É verdade só o trabalho muda nossa realidade.

    ResponderExcluir
  5. Nossa história se confunde com a de nosso trabalho.Isto é vida.

    ResponderExcluir
  6. Verdade o trabalho é mais que ganhar o pão.

    ResponderExcluir
  7. O comentário emociona,nada é mais dignificante na caminhada do ser humano do que estar incluído,pertencer, fazer parte do mundo do trabalho.
    E trabalhar no que se gosta é tudo de bom,é estar em estado de graça,não sentimos o tempo passar,as horas voam,o hoje foi abençoado e, amanhã pede-se a Deus saúde para voltar.
    Assim como o maestro fez cirurgia nas mãos para continuar encantando a seus milhares de admiradores,também aqueles que amam seu trabalho,não o sentem como sacrifício,mas sim como algo que dá sentido a vida,que nos movimenta,nos instiga para sermos melhores a cada dia,nos trás sentido a cada momento,a cada novo desafio.A pessoa que consegue entender o significa do trabalho em sua vida,pode ser a mais humilde das profissões, todas tem seu valor e,sem a mais humilde das profissões,outras não teriam surgido.
    Que seria do médico sem o instrumentador para apoia-lo na cirurgia,das grandes industrias sem o metalúrgico e assim por diante. O mundo do trabalho é uma grande rede,onde todos se completam e,vão descobrindo novas formas para o desenvolvimento.
    Feliz dia do trabalho,parabéns trabalhador pois,sua história se confunde com o desenvolvimento deste País.

    ResponderExcluir
  8. Feliz daquele que pode dizer: Devo ao trabalho o que sou,este cumpriu sua missão,soube entender a vida.
    Ótima reflexão.

    ResponderExcluir
  9. O mundo capitalista nos roubou muito do significado do trabalho em nossas vidas,mas mesmo assim é o trabalho que torna nossos dias menos vazios.

    ResponderExcluir
  10. Concordo,vamos encher nossos dias de esperança.Muito bom professor.OTIMISMO.

    ResponderExcluir
  11. Gostei,uma reflexão profunda,pensarei mais,antes de reclamar.

    ResponderExcluir
  12. Muito bom.Feliz dia do trabalho.Valeu.

    ResponderExcluir
  13. Boa quarta,dia do trabalho.

    ResponderExcluir